Friday, November 12, 2004

S.A.D.


O mês de novembro é realmente dificil de aguentar. O frio chega de vez, os dias são super curtos, bate aquele cansaço acumulado do semestre, não há nem um feriadinho para dar um alivio e a gente simplesmente não vê a hora de sair de férias...
Estava pesquisando um pouco na Internet e descobri uma sindrome bem comum aqui por essas bandas: a Seasonal Affective Disorder. SAD é um tipo de depressão de inverno (Winter Blues ) que acomete milhares de pessoas na América do Norte. Ela é causada principalmente pela falta da luz do sol que altera o equilibrio bioquimico do corpo. Dizem que algumas pessoas caem em uma depressão profunda e outras apresentam apenas alguns leves sintomas como cansaço e desanimo. Pessoas que, assim como eu, trocaram um lugar quente pelo inverno longo e severo daqui são mais susceptiveis. Pelo sim, pelo não estou contando os dias para ir pegar um sol do Caribe. ;)

10 comments:

Franci said...

Oi Queila,
O que gostei quando estive ai, é que apesar do frio os dias ensolarados aliviam a depressão do inverno. Os dias ficam alegres, bonitos. Mesmo sendo curto.
Bjs.
Franci.

Zana said...

Eu gosto de alguns dias ensolarados com neve, mas novembro é mesmo jogo duro! E essa SAD aí, todo ano eu tenho... vamos ver como vou ficar nesse inverno porque no último...

beijos e bom fim de semana!
Zana

Ana Lucia said...

Oi Queila ! Eu vi uma apresentaçao de uma estudante de doutorado sobre essa sindrome, ela faz uma pesquisa sobre isso utilizando aquelas lâmpadas especiais. Diz ela que 20 minutos por dia na frente da tal lâmpada (que funciona como uma lâmpada de leitura) podem ser suficientes. A lâmpada custa uns 250 dolares, para quem tem problemas mesmo acho que vale a pena. Eu sempre fico meio down e engordo no inverno e o nosso antigo apê era escurissimo, esse ano eu espero que fique melhor. Mas você com uma estadia no Caribe, vai ficar bem nesse inverno, tenho certeza. Eu ja faz mais de cinco anos que nao vejo praia na minha frente, ou seja...ja estou com imunidade ! Beijos

Marcia said...

Oi Queila

Nunca me esqueço de um seriado que eu assisti há muiiito tempo na TV globo que chamava Riacho Doce e a personagem da Vera Fisher vivia na Suécia e já havia tentado o suicídio diversas vezes por conta do inverno rigoroso e a falta de sol! Pelo menos o Canadá é famoso por ter invernos ensolarados, então dos males o menor né?

Guenta firme aí que logo o Astro Rei dará as caras!

Beijo

Marcelle Marie Keller said...

Zana,
Guenta aí que tá faltando pouco! Pense que daqui a pouco vc estará se banhando em águas quentes e transparentes. E sol muito sol!
beijos,
Marcelle

Mauricio V. Almeida said...

Oi Queila. Eu nunca tinha visto isso na minha vida. Quando são 17:00 da tarde já está tudo escuro. O pior é que quando são 19:00 eu penso que já são umas 23:00... Ainda não me acostumei. Beijo.

Monique said...

Oi Queila,
Já tinha ouvido falar dessa SAD, espero que não me pegue, tenho que procurar me encontrar com os amigos, ir nos malls, ocupar a mente. Uma coisa eu estou com Mauricio, anoitece tão cedo que as vezes acho que é muito mais tarde do que realmente é. Legal vc falar sobre isso agora, já podemos nos prevenir. bjs,

Luly :) said...

Oi, Queila!!

Menina, desse jeito vc vai deixar a gente com medo de chegar por aí!!! Tomara que a SAD não pegue vc!
Boa semana!
Bjo!

Luly :)

Laila said...

Que triste este post. Nessas horas, fico repensando a minha decisão de ir para o Canada. Espero que o SAD não me pegue e que realmente esteja fazendo a coisa certa. Ai, ai!

Anonymous said...

Oi Queila,

Realmente, novembro é difícil de encarar, pois já não é muito outono e ainda não é tão inverno. Não sabia que essa síndrome já atacava nessa época, pensei que fosse mais de janeiro pra frente, quando o pessoal já começa a ficar de saco cheio do frio. Nessas horas não ia ser nada mal ter em casa um solzinho no estilo daquele que o Dr. Octopuss fez no Homem-Aranha 2... (vocês lembram?)

Um abraço, e boa sorte pro tempo passar mais rápido até sua ida pro Caribe.

Bruno