Friday, November 18, 2005

Meu diploma - Parte 3


Se matricular em um Cegep não costuma ser complicado. É necessário apenas prencher um formulário de incrição, pagar algumas taxas e fazer a matricula com uma certa antecedência. A maioria dos programas começa no mês de agosto (session d'automne) e a data limite para as incriçoes costuma ser o 1o de março de cada ano. Para mais detalhes e acesso ao formulário de admissão, clique aqui.

Quando eu decidi fazer o curso de higienista em Julho de 2002, a data limite para as incriçoes já havia passado há muito tempo. Liguei várias vezes para alguns Cegeps e a resposta que eu recebi foi sempre a mesma: esperar para começar o curso em setembro de 2003. Chorei muito!!!!!! Não podia trabalhar como dentista e ainda teria que esperar mais de um ano antes de poder começar o curso de higienista. Fiquei muito desmotivada.

Percebendo toda a minha tristeza e frustração o Joey resolveu ligar para o Cegep ele mesmo e não sossegou enquanto não falou com o diretor, do diretor do diretor. Ele explicou a minha situação, disse que eu já estava com todos os meus documentos em mãos e que eu estava pronta para começar o curso. So precisava de uma chance. Quebrando todas as regras, o diretor marcou uma entrevista para mim com um "conselheiro" do Cegep para a quinta-feira seguinte. :)

O objetivo desse encontro foi verificar os meus documentos e avaliar o meu conhecimento de francês. O tal conselheiro foi muito simpático e prestativo comigo e me explicou todos os detalhes do programa. Acho que dei sorte porque ainda havia várias vagas disponiveis para o meu curso.

Fiz nesse mesmo dia uma prova de gramática para avaliar o nivel do meu francês e, para surpresa do conselheiro, minha nota foi 96%. Ele disse que não se lembrava de um estrangeiro ter tirado uma nota tão alta assim antes. Eu acho que a surpresa dele foi grande porque naquela época eu tinha muita dificuldade para "falar" francês. Ainda estava muito timida. A nota da prova escrita não correspondeu com a minha capacidade de me comunicar. Ele ficou um pouquinho confuso mas disse que eu podia começar o curso na segunda- feira seguinte. Ufa!

Detalhes importantes:
- Existe um certo numero de "matérias básicas" que todo o aluno de Cegep é obrigado à fazer. Tanto faz se o curso é pré- universitário ou técnico. Essas matérias são entre outras: francês (minimo de 3 semestres), ingles, filosofia, educação fisica, sociologia, psicologia etc. Existem também certas matérias consideradas "básicas" mas que são direcionadas ao programa escolhido. No caso de higiene dentária, são matérias como biologia e fisiologia. Apos uma verificação dos meus documentos, ficou decidido que eu não seria obrigada a fazer nenhuma matéria básica, apenas as técnicas. :)

- Todo o aluno de Cegep é obrigado à passar um exame de francês ministrado pelo proprio governo. Todo mundo tem que passar nesse exame para poder receber o diploma que acontece três vezes por ano (em maio, agosto e dezembro). Todos os alunos, de toda a provincia fazem o teste no mesmo dia, no mesmo horário. É como se fosse um "vestibular" de francês. Não se trata, no entanto, de um teste de gramática mas sim de uma dissertação (se me lembro bem de aproximadamente 900 palavras) que deve ser baseada em um texto literário apresentado no momento do exame.

Tendo esse exame em mente, resolvi me increver nos cursos de francês, mesmo sabendo que eu não era obrigada à faze-los. Foi, sem duvida nenhuma, a parte mais dificil de todo o curso mas valeu à pena. Passei no exame na primeira tentativa apos ter feito 3 semestres de literatura (literatura quebequense, literatura francesa e literatura contemporanea).

- Para que o semestre seja "gratuito", o aluno deve estar incrito em curso "tempo integral". Isso corresponde à um certo numero de horas por semana. Quem opta por fazer menos matérias e fazer o curso "meio perido" tem que pasgar uma anuidade (não tenho informação dos valores). O perigo de ter várias matérias creditadas é cair na categoria do "meio periodo". Isso quase aconteceu comigo nos primeiros semestres mas há a opção de se inscrever em matérias como espanhol, alemão, informática... para preencher o horário.


PARTE 4 - Em breve

4 comments:

Franci said...

Olá Queila!
Tenho uma curiosidade, para fazer o curso de higienista é necessário ter feito odonto?
Esse é um curso superior ou 'e nível técnico?

bjs,
Franci.

Queila said...

Franci
O curso é considerado superior de nivel técnico. Não se trata de um bacharelado.
Não. Não é preciso ser dentista para fazer o curso de higienista. ;)

Q

Anonymous said...

Oi Queila,

muito bom o seu blog,
desejo muita sorte a ti!
E q legal q viu o show do U2...!
b-

Claris

Rafael said...

Oi Queila, tudo bem?!
Voce sabe se há a possibilidade de fazer o curso tecnico no CEGEP e trabalhar? Normalmente quais sao os horarios dos cursos?
Obrigado,
Rafael